ALINHAMENTO DAS HABILIDADES BNCC COM OS DESCRITORES DO SPAECE/SAEB (2023)

TÓPICOS

DESCRITOR

HABILIDADE BNCC

1. Quanto à informação do texto verbal e/ou não verbal.

D1 – Localizar informação explícita.

(EF67LP27) Analisar, entre os textos literários e entre estes e outras manifestações artísticas (como cinema, teatro, música, artes visuais e midiáticas), referências explícitas ou implícitas a outros textos, quanto aos temas, personagens e recursos literários e semióticos

(EF67LP28) Ler, de forma autônoma, e compreender – selecionando procedimentos e estratégias de leitura adequados a diferentes objetivos e levando em conta características dos gêneros e suportes –, romances infanto-juvenis, contos populares, contos de terror, lendas brasileiras, indígenas e africanas, narrativas de aventuras, narrativas de enigma, mitos, crônicas, autobiografias, histórias em quadrinhos, mangás, poemas de forma livre e fixa (como sonetos e cordéis), vídeo-poemas, poemas visuais, dentre outros, expressando avaliação sobre o texto lido e estabelecendo preferências por gêneros, temas, autores.

(EF89LP33) Ler, de forma autônoma, e compreender – selecionando procedimentos e estratégias de leitura adequados a diferentes objetivos e levando em conta características dos gêneros e suportes – romances, contos contemporâneos, minicontos, fábulas contemporâneas, romances juvenis, biografias romanceadas, novelas, crônicas visuais, narrativas de ficção científica, narrativas de suspense, poemas de forma livre e fixa (como haicai), poema concreto, ciberpoema, dentre outros, expressando avaliação sobre o texto lido e estabelecendo preferências por gêneros, temas, autores.

D2 – Inferir informação em texto verbal.

(EF69LP05) Inferir e justificar, em textos multissemióticos – tirinhas, charges, memes, gifs etc. –, o efeito de humor, ironia e/ou crítica pelo uso ambíguo de palavras, expressões ou imagens ambíguas, de clichês, de recursos iconográficos, de pontuação etc.

(EF89LP33) Ler, de forma autônoma, e compreender – selecionando procedimentos e estratégias de leitura adequados a diferentes objetivos e levando em conta características dos gêneros e suportes – romances, contos contemporâneos, minicontos, fábulas contemporâneas, romances juvenis, biografias romanceadas, novelas, crônicas visuais, narrativas de ficção científica, narrativas de suspense, poemas de forma livre e fixa (como haicai), poema concreto, ciberpoema, dentre outros, expressando avaliação sobre o texto lido e estabelecendo preferências por gêneros, temas, autores.

(EF69LP44) Inferir a presença de valores sociais, culturais e humanos e de diferentes visões de mundo, em textos literários, reconhecendo nesses textos formas de estabelecer múltiplos olhares sobre as identidades, sociedades e culturas e considerando a autoria e o contexto social e histórico de sua produção.

D3 – Inferir o sentido de palavra ou expressão.

(EF06LP03) Analisar diferenças de sentido entre palavras de uma série sinonímica.

D4 – Interpretar textos não verbais e textos que articulam elementos verbais e não verbais.

(EF67LP08) Identificar os efeitos de sentido devidos à escolha de imagens estáticas, sequenciação ou sobreposição de imagens, definição de figura/fundo, ângulo, profundidade e foco, cores/tonalidades, relação com o escrito (relações de reiteração, complementação ou oposição) etc. em notícias, reportagens, fotorreportagens, foto-denúncias, memes, gifs, anúncios publicitários e propagandas publicados em jornais, revistas, sites na internet etc.

(Video) Descritores: o que significam e como são utilizados na prática?

D5 – Identificar o tema ou assunto de um texto.

(EF89LP33) Ler, de forma autônoma, e compreender – selecionando procedimentos e estratégias de leitura adequados a diferentes objetivos e levando em conta características dos gêneros e suportes – romances, contos contemporâneos, minicontos, fábulas contemporâneas, romances juvenis, biografias romanceadas, novelas, crônicas visuais, narrativas de ficção científica, narrativas de suspense, poemas de forma livre e fixa (como haicai), poema concreto, ciberpoema, dentre outros, expressando avaliação sobre o texto lido e estabelecendo preferências por gêneros, temas, autores.

D6 – Distinguir fato de opinião relativa ao fato.

(EF67LP04) Distinguir, em segmentos descontínuos de textos, fato da opinião enunciada em relação a esse mesmo fato.

D7 – Diferenciar a informação principal das secundárias em um texto.

(EF89LP04) Identificar e avaliar teses/opiniões/posicionamentos explícitos e implícitos, argumentos e contra-argumentos em textos argumentativos do campo (carta de leitor, comentário, artigo de opinião, resenha crítica etc.), posicionando-se frente à questão controversa de forma sustentada.

D8 – Formular hipóteses sobre o conteúdo do texto.

(EF89LP27) Tecer considerações e formular problematizações pertinentes, em momentos oportunos, em situações de aulas, apresentação oral, seminário etc.

(EF69LP31) Utilizar pistas linguísticas – tais como “em primeiro/segundo/ terceiro lugar”, “por outro lado”, “dito de outro modo”, isto é”, “por exemplo” – para compreender a hierarquização das proposições, sintetizando o conteúdo dos textos.

2. Quanto aos gêneros associados às sequências discursivas básicas.

D9 – Reconhecer gênero discursivo.

(EF06LP02) Estabelecer relação entre os diferentes gêneros jornalísticos, compreendendo a centralidade da notícia.

(EF89LP33) Ler, de forma autônoma, e compreender – selecionando procedimentos e estratégias de leitura adequados a diferentes objetivos e levando em conta características dos gêneros e suportes – romances, contos contemporâneos, minicontos, fábulas contemporâneas, romances juvenis, biografias romanceadas, novelas, crônicas visuais, narrativas de ficção científica, narrativas de suspense, poemas de forma livre e fixa (como haicai), poema concreto, ciberpoema, dentre outros, expressando avaliação sobre o texto lido e estabelecendo preferências por gêneros, temas, autores.

D10 – Identificar o propósito comunicativo em diferentes gêneros.

(EF06LP02) Estabelecer relação entre

os diferentes gêneros jornalísticos,

(Video) Como Trabalhar os Descritores No Ensino Fundamental

compreendendo a centralidade da notícia.

(EF06LP05) Identificar os efeitos de sentido dos modos verbais, considerando o gênero textual e a intenção comunicativa.

(EF67LP28) Ler, de forma autônoma, e compreender – selecionando procedimentos e estratégias de leitura adequados a diferentes objetivos e levando em conta características dos gêneros e suportes –, romances infanto-juvenis, contos populares, contos de terror, lendas brasileiras, indígenas e africanas, narrativas de aventuras, narrativas de enigma, mitos, crônicas, autobiografias, histórias em quadrinhos, mangás, poemas de forma livre e fixa (como sonetos e cordéis), vídeo-poemas, poemas visuais, dentre outros, expressando avaliação sobre o texto lido e estabelecendo preferências por gêneros, temas, autores.

D11 – Reconhecer os elementos que compõem uma narrativa e o conflito gerador

(EF67LP29) Identificar, em texto dramático, personagem, ato, cena, fala e indicações cênicas e a organização do texto: enredo, conflitos, ideias principais, pontos de vista, universos de referência.

3. Quanto às relações entre textos.

D12 – Identificar semelhanças e/ou diferenças de ideias e opiniões na comparação entre textos.

(EF89LP04) Identificar e avaliar teses/opiniões/posicionamentos explícitos e implícitos, argumentos e contra-argumentos em textos argumentativos do campo (carta de leitor, comentário, artigo de opinião, resenha crítica etc.), posicionando-se frente à questão controversa de forma sustentada.

(EF67LP27) Analisar, entre os textos literários e entre estes e outras manifestações artísticas (como cinema, teatro, música, artes visuais e midiáticas), referências explícitas ou implícitas a outros textos, quanto aos temas, personagens e recursos literários e semióticos.

(EF89LP32) Analisar os efeitos de sentido decorrentes do uso de mecanismos de intertextualidade (referências, alusões, retomadas) entre os textos literários, entre esses textos literários e outras manifestações artísticas (cinema, teatro, artes visuais e midiáticas, música), quanto aos temas, personagens, estilos, autores etc., e entre o texto original e paródias, paráfrases, pastiches, trailer honesto, vídeos-minuto, vidding, dentre outros.

D13 – Reconhecer diferentes formas de tratar uma informação na comparação de textos de um mesmo tema.

(EF67LP03) Comparar informações sobre um mesmo fato divulgadas em diferentes veículos e mídias, analisando e avaliando a confiabilidade.

(EF07LP02) Comparar notícias e reportagens sobre um mesmo fato divulgadas em diferentes mídias, analisando as especificidades das mídias, os processos de (re)elaboração dos textos e a convergência das mídias em notícias ou reportagens multissemióticas.

4. Quanto às relações de coesão e coerência.

D14 – Reconhecer as relações entre partes de um texto, identificando os recursos coesivos que contribuem para sua continuidade.

(EF89LP29) Utilizar e perceber mecanismos de progressão temática, tais como retomadas anafóricas (“que, cujo, onde”, pronomes do caso reto e oblíquos, pronomes demonstrativos, nomes correferentes etc.), catáforas (remetendo para adiante ao invés de retomar o já dito), uso de organizadores textuais, de coesivos etc., e analisar os mecanismos de reformulação e paráfrase utilizados nos textos de divulgação do conhecimento.

(Video) Mobilização - SAEB 2019 - Caderno Pedagógico de Matemática

(EF07LP13) Estabelecer relações entre partes do texto, identificando substituições lexicais (de substantivos por sinônimos) ou pronominais (uso de pronomes anafóricos – pessoais, possessivos, demonstrativos), que contribuem para a continuidade do texto.

(EF08LP13) Inferir efeitos de sentido decorrentes do uso de recursos de coesão sequencial: conjunções e articuladores textuais.

(EF08LP15) Estabelecer relações entre partes do texto, identificando o antecedente de um pronome relativo ou o referente comum de uma cadeia de substituições lexicais.

D15 – Identificar a tese de um texto.

(EF89LP04) Identificar e avaliar teses/opiniões/posicionamentos explícitos e implícitos, argumentos e contra-argumentos em textos argumentativos do campo (carta de leitor, comentário, artigo de opinião, resenha crítica etc.), posicionando-se frente à questão controversa de forma sustentada.

D16 – Estabelecer relação entre tese e os argumentos oferecidos para sustentá-la.

(EF67LP05) Identificar e avaliar teses/opiniões/posicionamentos explícitos e argumentos em textos argumentativos (carta de leitor, comentário, artigo de opinião, resenha crítica etc.), manifestando concordância ou discordância.

(EF67LP07) Identificar o uso de recursos persuasivos em textos argumentativos diversos (como a elaboração do título, escolhas lexicais, construções metafóricas, a explicitação ou a ocultação de fontes de informação) e perceber seus efeitos de sentido.

(EF89LP14) Analisar, em textos argumentativos e propositivos, os movimentos argumentativos de sustentação, refutação e negociação e os tipos de argumentos, avaliando a força/tipo dos argumentos utilizados.

(EF89LP23) Analisar, em textos argumentativos, reivindicatórios e propositivos, os movimentos argumentativos utilizados (sustentação, refutação e negociação), avaliando a força dos argumentos utilizados.

D17 – Reconhecer o sentido das relações lógico-discursivas marcadas por conjunções, advérbios etc.

(EF09LP08) Identificar, em textos lidos e em produções próprias, a relação que conjunções(e locuções conjuntivas) coordenativas e subordinativas estabelecem entre as orações que conectam.

(EF09LP11) Inferir efeitos de sentido decorrentes do uso de recursos de coesão sequencial (conjunções e articuladores textuais).

(EF08LP10) Interpretar, em textos lidos ou de produção própria, efeitos de sentido de modificadores do verbo (adjuntos adverbiais – advérbios e expressões adverbiais), usando-os para enriquecer seus próprios textos.

(EF08LP13) Inferir efeitos de sentido decorrentes do uso de recursos de coesão sequencial: conjunções e articuladores textuais.

D18 – Reconhecer o sentido do texto e suas partes sem a presença de marcas coesivas.

(Video) Qual uso das avaliações? | Presente e Futuro das Avaliações Educacionais | CNE Instituto Unibanco

(EF67LP37) Analisar, em diferentes textos, os efeitos de sentido decorrentes do uso de recursos linguístico-discursivos de prescrição, causalidade, sequências descritivas e expositivas e ordenação de eventos.

5. Quanto aos recursos expressivos utilizados no texto.

D19 – Reconhecer o efeito de sentido decorrente da escolha de palavras, frases ou expressões.

(EF67LP37) Analisar, em diferentes textos, os efeitos de sentido decorrentes do uso de recursos linguístico-discursivos de prescrição, causalidade, sequências descritivas e expositivas e ordenação de eventos.

D20 – Identificar o efeito de sentido decorrente do uso da pontuação e de outras notações.

(EF08LP16) Explicar os efeitos de sentido do uso, em textos, de estratégias de modalização e argumentatividade (sinais de pontuação, adjetivos, substantivos, expressões de grau, verbos e perífrases verbais, advérbios etc.).

D21 – Reconhecer o efeito decorrente do emprego de recursos estilísticos e morfossintáticos.

(EF06LP04) Analisar a função e as flexões de substantivos e adjetivos e de verbos nos modos Indicativo, Subjuntivo e Imperativo: afirmativo e negativo.

(EF06LP05) Identificar os efeitos de sentido dos modos verbais, considerando o gênero textual e a intenção comunicativa.

D22 – Reconhecer efeitos de humor e ironia.

(EF89LP37) Analisar os efeitos de sentido do uso de figuras de linguagem como ironia, eufemismo, antítese, aliteração, assonância, dentre outras.

6. Quanto aos aspectos sociais da linguagem.

D23 – Identificar os níveis de linguagem e/ou as marcas linguísticas que evidenciam locutor e/ou

interlocutor.

(EF09LP10) Comparar as regras de colocação pronominal na norma-padrão com o seu uso no português brasileiro coloquial.

(EF69LP55) Reconhecer as variedades da língua falada, o conceito de norma-padrão e o de preconceito linguístico.

(Video) INTERDISCIPLINARIDADE DOS DESCRITORES DE LÍNGUA PORTUGUESA (SAEP)

(EF69LP56) Fazer uso consciente e reflexivo de regras e normas da norma-padrão em situações

de fala e escrita nas quais ela deve ser usada.

FAQs

Qual a diferença entre descritores e habilidades? ›

Tempo médio de leitura: 5 minutos. Os descritores são elementos que descrevem as habilidades trabalhadas nas avaliações externas, a partir dos quais são elaboradas as questões dessas mesmas avaliações.

O que diz a habilidade da Bncc EF15LP02? ›

A habilidade EF15LP02 consiste em: Estabelecer expectativas em relação ao texto que vai ler (pressuposições antecipadoras dos sentidos, da forma e da função social do texto), apoiando-se em seus conhecimentos prévios sobre as condições de produção e recepção desse texto, o gênero, o suporte e o universo temático, bem ...

Qual a relação entre competências gerais competências específicas e habilidades? ›

Resumindo bem a diferença entre um conceito e outro, seria o seguinte: a competência é mais subjetiva e pessoal, enquanto a habilidade é algo mais prático e tangível. Sendo assim, é por meio do exercício de habilidades específicas que chegamos a desenvolver uma competência.

Qual o objetivo dos descritores? ›

Assim, os descritores para avaliação das habilidades de leitura consideram questões em que os alunos demonstrem conhecer o uso da língua em variadas situações, de acordo com a possibilidade de distintos objetivos comunicativos e com diferentes interlocutores.

O que diz a habilidade EF02LP09? ›

A habilidade EF02LP09 consiste em: Usar adequadamente ponto final, ponto de interrogação e ponto de exclamação.

O que diz a habilidade EF12LP11? ›

(EF12LP11) Escrever, em colaboração com os colegas e com a ajuda do professor, fotolegendas em notícias, manchetes e lides em notícias, álbum de fotos digital noticioso e notícias curtas para público infantil, digitais ou impressos, dentre outros gêneros do campo jornalístico, considerando a situação comunicativa e o ...

O que diz a habilidade EF02LP13? ›

A habilidade EF02LP13 consiste em: Planejar e produzir bilhetes e cartas, em meio impresso e/ou digital, dentre outros gêneros do campo da vida cotidiana, considerando a situação comunicativa e o tema/assunto/finalidade do texto.

Onde encontrar as habilidades da BNCC? ›

Na aba Ensino Fundamental, os filtros permitem o download das competências e habilidades que os estudantes devem desenvolver em todas as áreas do conhecimento. No Ensino Médio, as competências e habilidades estão organizadas do 1º ao 3º ano.

Como trabalhar com as habilidades da BNCC? ›

O primeiro passo para adaptação é a revisão dos currículos, pois eles devem ser estruturados de forma a alcançar as competências e habilidades propostas na BNCC. A Base não é o currículo em si, mas sim uma ferramenta que auxilia na construção curricular.

Como ler as habilidades da BNCC? ›

Assim como no ensino fundamental, as habilidades desta etapa da educação básica é composta por um código alfanumérico.
...
  1. LGG = Linguagens e suas Tecnologias.
  2. LP = Língua Portuguesa.
  3. MAT = Matemática e suas Tecnologias.
  4. CNT = Ciências da Natureza e suas Tecnologias.
  5. CHS = Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.
25 Apr 2020

Quais habilidades dos componentes curriculares devem ser priorizados? ›

Para os primeiros três anos do Fundamental, deve-se dar ênfase em resolução de situações-problema. Um dos destaques dados na priorização está na unidade temática números, com habilidades relacionadas à compreensão do sistema numérico e dos cálculos.

Quais são as habilidades? ›

Quais as 10 habilidades profissionais indispensáveis para seu currículo?
  • Boa comunicação. Saber se comunicar talvez seja a habilidade profissional mais importante para algumas áreas. ...
  • Criatividade. ...
  • Empatia. ...
  • Capacidade de trabalhar em equipe. ...
  • Adaptabilidade. ...
  • Liderança. ...
  • Proatividade. ...
  • Inteligência emocional.
21 Dec 2020

Que são objetivos de aprendizagem e desenvolvimento e habilidades? ›

Os objetivos de aprendizagem são descrições concisas, claramente articuladas do que os alunos devem saber e compreender, e do que sejam capazes de fazer numa fase específica de sua escolaridade.

Qual é o objetivo do Spaece? ›

O Spaece é uma avaliação que verifica a qualidade do ensino nos 184 municípios do Ceará e abrange as escolas públicas das redes estadual e municipal, avaliando os alunos da Educação Básica, desde as etapas de Alfabetização até o Ensino Médio.

O que quer dizer a sigla SAEB? ›

O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) é um conjunto de avaliações externas em larga escala que permite ao Inep realizar um diagnóstico da educação básica brasileira e de fatores que podem interferir no desempenho do estudante.

Como funciona o Spaece? ›

O Programa

O SPAECE, na vertente Avaliação de Desempenho Acadêmico, caracteriza-se como avaliação externa em larga escala que avalia as competências e habilidades dos alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, em Língua Portuguesa e Matemática.

Como trabalhar com os descritores? ›

Como Trabalhar os Descritores No Ensino Fundamental - YouTube

Qual a importância de trabalhar os descritores? ›

A necessidade de se trabalhar com os descritores advém da inserção da Prova Brasil nos meios escolares, que visa avaliar a qualidade educacional das instituições de ensino.

Como definir os descritores? ›

Descritores são termos padronizados definidos por especialistas para identificar assuntos publicados nos artigos científicos. Existe inclusive uma espécie de dicionário com esses descritores para que todos os pesquisadores que forem fazer as buscas utilizem os mesmos termos.

O que significa a habilidade EF69LP33? ›

A habilidade EF69LP33 consiste em: Articular o verbal com os esquemas, infográficos, imagens variadas etc. na (re)construção dos sentidos dos textos de divulgação científica e retextualizar do discursivo para o esquemático – infográfico, esquema, tabela, gráfico, ilustração etc.

O que diz a habilidade EF69LP25? ›

A habilidade EF69LP25 consiste em: Posicionar-se de forma consistente e sustentada em uma discussão, assembleia, reuniões de colegiados da escola, de agremiações e outras situações de apresentação de propostas e defesas de opiniões, respeitando as opiniões contrárias e propostas alternativas e fundamentando seus ...

O que diz a habilidade EF69LP32? ›

A habilidade EF69LP32 consiste em: Selecionar informações e dados relevantes de fontes diversas (impressas, digitais, orais etc.), avaliando a qualidade e a utilidade dessas fontes, e organizar, esquematicamente, com ajuda do professor, as informações necessárias (sem excedê-las) com ou sem apoio de ferramentas ...

Qual é a habilidade EF09LP04? ›

EF09LP04: Escrever textos corretamente, de acordo com a norma-padrão, com estruturas sintáticas complexas no nível da oração e do período.

O que trabalhar na habilidade EF15LP09? ›

Oralidade Oralidade pública/Intercâmbio conversacional em sala de aula (EF15LP09) Expressar-se em situações de intercâmbio oral com clareza, preocupando-se em ser compreendido pelo interlocutor e usando a palavra com tom de voz audível, boa articulação e ritmo adequado.

Qual a habilidade EF15LP13? ›

A habilidade EF15LP13 consiste em: Identificar finalidades da interação oral em diferentes contextos comunicativos (solicitar informações, apresentar opiniões, informar, relatar experiências etc.).

Qual é a habilidade EM13LP49? ›

Habilidade de Língua Portuguesa: (EM13LP49) Perceber as peculiaridades estruturais e estilísticas de diferentes gêneros literários (a apreensão pessoal do cotidiano nas crônicas, a manifestação livre e subjetiva do eu lírico diante do mundo nos poemas, a múltipla perspectiva da vida humana e social dos romances, a ...

O que diz a habilidade EM13LP10? ›

Habilidade: EM13LP10 - Analisar o fenômeno da variação linguística, em seus diferentes níveis (variações fonético-fonológica, lexical, sintática, semântica e estilístico-pragmática) e em suas diferentes dimensões (regional, histórica, social, situacional, ocupacional, etária etc.), de forma a ampliar a compreensão ...

Qual é a habilidade EM13LP07? ›

Habilidade: EM13LP07 - Analisar, em textos de diferentes gêneros, marcas que expressam a posição do enunciador frente àquilo que é dito: uso de diferentes modalidades (epistêmica, deôntica e apreciativa) e de diferentes recursos gramaticais que operam como modalizadores (verbos modais, tempos e modos verbais, ...

O que são habilidades e competências de acordo com a BNCC? ›

Segundo a BNCC, as competências são definidas como a mobilização de conhecimentos (conceitos e procedimentos), habilidades (práticas, cognitivas e socioemocionais), atitudes e valores para resolver demandas complexas da vida cotidiana.

O que significa EI02TS02 na BNCC? ›

(EI02TS02) Utilizar materiais variados com possibilidades de manipulação (argila, massa de modelar), explorando cores, texturas, superfícies, planos, formas e volumes ao criar objetos tridimensionais.

Qual habilidade é EF15LP01? ›

(EF15LP01) Identificar a função social de textos que circulam em campos da vida social dos quais participa cotidianamente (a casa, a rua, a comunidade, a escola) e nas mídias impressa, de massa e digital, reconhecendo para que foram produzidos, onde circulam, quem os produziu e a quem se destinam.

Quais são as habilidades e competências? ›

O que são habilidades e competências? As habilidades são qualidades que um profissional possui naturalmente para desenvolver algo. Já as competências, são atributos que são desenvolvidos ou aperfeiçoados através de experiências ao longo da carreira.

Como trabalhar as habilidades e competências? ›

A seguir, trazemos três estratégias para lhe ajudar no desenvolvimento de habilidades e competências previstas na nova base.
  1. Contextualizar exemplos com o dia a dia do aluno. ...
  2. Avaliação por competências. ...
  3. Dinâmicas tecnológicas. ...
  4. 3 benefícios da tecnologia para a sua prática pedagógica.
16 Nov 2021

Qual a diferença entre objetivos e habilidades e competências? ›

Ou seja, competências. Os objetivos de atitudes são aqueles que visam comportamentos que indiquem valoração, importância e crença. Ou seja, habilidades. Por exemplo valorizar a busca de informações, a curiosidade científica, a integração de conhecimentos, a capacidade crítica, etc.

O que é a habilidade EF15LP14? ›

Habilidade: EF15LP14 - Construir o sentido de histórias em quadrinhos e tirinhas, relacionando imagens e palavras e interpretando recursos gráficos (tipos de balões, de letras, onomatopeias).

O que diz a habilidade EF03LP02? ›

A habilidade EF03LP02 consiste em: Ler e escrever corretamente palavras com sílabas CV, V, CVC, CCV, VC, VV, CVV, identificando que existem vogais em todas as sílabas.

O que é a habilidade EF35LP25? ›

A habilidade EF35LP25 consiste em: Criar narrativas ficcionais, com certa autonomia, utilizando detalhes descritivos, sequências de eventos e imagens apropriadas para sustentar o sentido do texto, e marcadores de tempo, espaço e de fala de personagens.

O que é descritores exemplo? ›

Os descritores são termos padronizados por pesquisadores para identificar temas de artigos científicos. Ou seja: são palavras-chave determinadas a partir de critérios para indexar artigos. Isso significa que quando autores submetem artigos às revistas devem seguir critérios definidos para estipular as palavras-chave.

Quais são os tipos de descritores? ›

Descritores do Tópico I.

D1 – Localizar informações explícitas em um texto. D3 – Inferir o sentido de uma palavra ou expressão. D4 – Inferir uma informação implícita em um texto. D6 – Identificar o tema de um texto.

Como identificar os descritores em um texto? ›

Palavras-chave ou descritores? - Pesquisa na Prática #101 - YouTube

Onde podemos encontrar os descritores? ›

Assim, é recomendável pesquisar na MEDLINE via PubMed e as outras bases de dados via BVS (http://regional.bvsalud. org/php/index. php). Os descritores utilizados na BVS podem ser encontrados no site Descritores em Ciências da Saúde (http://decs.bvs.br).

O que são descritores da Bncc? ›

Trata-se de um conjunto de descritores de objetivos específicos de aprendizagem, que servem para nortear todas as avaliações. Esses descritores definem o que deve ser solicitado e aferido numa avaliação de estudantes, norteando o professor na elaboração de itens e estruturação das provas.

Como trabalhar com os descritores? ›

Como Trabalhar os Descritores No Ensino Fundamental - YouTube

Qual a importância de trabalhar os descritores? ›

A necessidade de se trabalhar com os descritores advém da inserção da Prova Brasil nos meios escolares, que visa avaliar a qualidade educacional das instituições de ensino.

Quantos descritores de língua portuguesa? ›

Descritores de Língua Portuguesa
DescritorTópico I: Procedimentos de Leitura
D1Localizar informações explícitas em um texto.
D3Inferir o sentido de uma palavra ou expressão.
D4Inferir uma informação implicíta em um texto.
D6Identificar o tema de um texto.
16 more rows
17 Aug 2012

Quais são os descritores de língua portuguesa 9 ano? ›

9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

D7 – Identificar a tese de um texto. D8 – Estabelecer relação entre a tese e os argumentos oferecidos para sustentá-la. D9 – Diferenciar as partes principais das secundárias em um texto. D10 – Identificar o conflito gerador do enredo e os elementos que constroem a narrativa.

O que é um descritor de matemática? ›

A matriz de referência de Matemática é composta por quatro temas, relacionados a habilidades desenvolvidas pelos estudantes. Dentro de cada tema há um conjunto de descritores ligados às competências desenvolvidas. O conjunto de descritores é diferente em cada série avaliada.

O que é o descritor D6? ›

Descritores do Tópico I.

D4 – Inferir uma informação implícita em um texto. D6 – Identificar o tema de um texto. D11 – Distinguir um fato da opinião relativa a esse fato.

O que é um descritor MeSH? ›

QUE É O DeCS/MeSH? O tesauro Descritores em Ciências da Saúde (DeCS), produzido pela BIREME/OPAS/OMS, é um vocabulário controlado organizado de maneira hierárquica e derivado do tesauro Medical Subject Headings (MeSH), produzido pela Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA (National Library of Medicine, NLM).

Como gerar palavras chaves? ›

Para gerar sugestões de palavras-chave precisas, a Keyword Tool adiciona e anexa o termo de pesquisa que você especifica com letras e números diferentes, coloca-os na caixa de pesquisa do Google e extrai sugestões de palavras-chave. Melhor parte, tudo isso acontece em uma fração de segundo!

O que significa Saeb e qual a sua finalidade? ›

O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) é um conjunto de avaliações externas em larga escala que permite ao Inep realizar um diagnóstico da educação básica brasileira e de fatores que podem interferir no desempenho do estudante.

O que é o descritor 1? ›

O Descritor 1 analisa a capacidade de localização de informações apresentadas diretamente no texto ou expressas por paráfrases, através da releitura do mesmo. Para tanto, faz-se necessário domínio de leitura e atenção às orientações do comando, bem como pistas do texto-base.

O que é matriz de referência SAEB? ›

Matrizes de Referência do Saeb

O Saeb é composto por provas elaboradas a partir de matrizes de referência para cada área do conhecimento. Essas matrizes não compreendem todo o currículo escolar e não devem ser confundidas com estratégias de ensino, já que a avaliação precisa ser realizada de forma que possa ser medida.

Videos

1. SAEB na prática da sala de aula
(AVACefor Seduc PA)
2. I Diálogos Matemáticos: Equidade, excelência e evidência no Ensino de Matemática. Articulação do Ens
(mat.crateus - IFCE CAMPUS CRATEUS)
3. Webinar l Educação Matemática e Políticas Públicas
(Mentalidades Matemáticas)
Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Reed Wilderman

Last Updated: 03/31/2023

Views: 5740

Rating: 4.1 / 5 (72 voted)

Reviews: 87% of readers found this page helpful

Author information

Name: Reed Wilderman

Birthday: 1992-06-14

Address: 998 Estell Village, Lake Oscarberg, SD 48713-6877

Phone: +21813267449721

Job: Technology Engineer

Hobby: Swimming, Do it yourself, Beekeeping, Lapidary, Cosplaying, Hiking, Graffiti

Introduction: My name is Reed Wilderman, I am a faithful, bright, lucky, adventurous, lively, rich, vast person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.